.

.

**

**

*

*

domingo, 2 de julho de 2017

Goleiros brilham, Pepe marca, e Portugal fatura o terceiro lugar na prorrogação

Cristiano Ronaldo não esteve em campo, a briga pelo título já estava fora de questão, mas Portugal e México disputaram para valer o terceiro lugar da Copa das Confederações em um jogão neste domingo em Moscou. Com goleiros inspirados de ambos os lados, Portugal levou a melhor por 2 a 1 na prorrogação. Pepe só conseguiu furar o paredão Ochoa, que já tinha defendido pênalti de André Silva, aos 46 da etapa final, e Adrien Silva, em nova penalidade, garantiu a virada no tempo-extra. Luís Neto marcou contra o gol dos mexicanos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário