terça-feira, 27 de junho de 2017

Sessão solene na Assembleia Legislativa presta homenagem a Pastores do RN

A Assembleia Legislativa homenageou nesta terça-feira (27), durante sessão solene na Casa, o Dia do Pastor, comemorado anualmente no mês de junho. A solenidade foi proposta pelo deputado estadual Jacó Jácome (PSD), que destacou o trabalho importante dos pastores no processo de evangelização e ressaltou que, na bíblia, os líderes são comparados com pastores, porque guiam e cuidam do povo.

“Vivemos uma era em que o pastoreio é primordial. Sem pastores não há igrejas, sem igrejas não há orientação e estímulo à pratica da fé e da crença em Deus. O pastor tem valores cristãos, referenciais morais e sobretudo fé, transmitida ao rebanho, neste tempo em que Deus e seus ensinamentos desaparecem na mente de pessoas que cometem barbaridade cotidianamente”, disse Jacó.

O deputado, que faz parte da bancada evangélica no Estado, falou que essa homenagem se dá não pelo título que os pastores levam em suas lapelas, mas pelo serviço que prestam ao reino de Deus e a sociedade.

Em seu pronunciamento, o deputado afirmou que o pastor tem a responsabilidade de acompanhar um rebanho comprado ao preço do sangue de Cristo. “Para nós cristãos, trata-se de um extraordinário ministério delegado por Deus àqueles que estão aptos a cumprir o honroso trabalho de elevar vidas, orientar e conduzir pessoas no âmbito espiritual”, declarou.

O parlamentar demonstrou preocupação com o que classificou de “perseguição dos pastores evangélicos desde o seu aparecimento” e lembrou da trajetória dos pastores que foram executados e se tornaram os primeiros mártires evangélicos do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário