domingo, 5 de fevereiro de 2017

USP cria tratamento que diminui uso de remédios por pessoas diabéticas

Tratamento pretende diminuir uso de remédios por pacientes diabéticos (Foto: Reprodução / EPTV)

Pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) de Ribeirão Preto desenvolveram um tratamento que auxilia portadores da diabetes tipo 2 a controlar a doença. Segundo os profissionais, a diminuição do consumo de calorias ajuda a diminuir a concentração de medicamentos que cada paciente precisa ingerir, além de colaborar com perda de peso do portador da doença.

De acordo com o pesquisador Rafael Ferraz, a medida pode render benefícios ao paciente que tem diabetes em menos de um mês. Ele explica que o tratamento ajuda a reduzir o nível de colesterol e glicemia, além de devolver qualidade de vida às pessoas.
“Nosso tratamento é um processo que nós protocolamos de fazer uma restrição calórica de 25% para pacientes que têm diabetes tipo 2 e não usam insulina. Que seria isso? Nós restringimos 25% da ingestão de calorias durante 27 dias, período em que podemos observar uma diferença de níveis de glicemia de jejum e colesterol”, afirma.

O objetivo do tratamento é proporcionar uma melhora de vida para os pacientes, além de gerar economia com remédios e auxiliar na perda de peso. Apesar disso, o tratamento não exclui a utilização de medicamentos, que de acordo com os pesquisadores, seguirá sendo fundamental para controlar o diabetes.

“Nós pegamos o paciente em um estado totalmente descompensado e após isso observamos ao fim do tratamento que ele apresenta uma qualidade de vida e uma qualidade metabólica boa. Esse protocolo consegue ativar algumas vias metabólicas importantes na maquinaria celular, proporcionando uma melhora funcional da célula e aos órgãos que são associados a este controle do diabetes, colesterol desse paciente”, conclui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário