sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Conheça o Oppo R9, celular que atropelou o iPhone 6S na China

O design do Oppo R9 é bem similar ao iPhone 6s da Apple. (Foto: Divulgação/Oppo)
A cada iPhone lançado, a Apple bate recordes de vendas com o novo modelo. No entanto, em 2016, pela primeira vez em cinco anos, o iPhone não foi o líder na lista de celulares mais vendidos num mercado que se tornou prioridade do CEO Tim Cook: a China. No ano passado, o smartphone mais vendido no país foi o Oppo R9. O celular é fabricado pela Oppo Electronics, marca de smartphones que vem passando por um crescimento sem precedentes ao se tornar conhecida por fabricar dispositivos com ficha técnica poderosa e preço baixo.Oppo R9 (Foto: Divulgação/Oppo)

Enquanto o iPhone 6S vendeu cerca de 12 milhões de unidades, o R9 alcançou a marca de 19 milhões, o que significa aproximadamente 4% de todos os smartphones vendidos no país asiático. O celular traz um design bem similar ao modelo da Apple, com uma tela de 5,5 polegadas, memória interna de 64 GB com expansão a até 128 GB por cartão microSD, câmeras de 16 MP e leitor de impressões digitais.

E se não fosse o lançamento do iPhone 7 no final do ano, o resultado poderia ter sido pior para a Apple. Ao que tudo indica, os chineses estão cansados das faltas de novidade da empresa em relação ao design e às especificações, o que explica a redução de 21% na quantidade de celulares distribuídos às lojas. Assim como o iPhone 6S Plus, o Oppo R9 também está disponível em uma versão Plus. Ficou curioso para saber mais? Nas próximas linhas você fica sabendo tudo sobre o modelo menor, que atropelou o iPhone 6S na China


Design


Com um design bem similar ao do iPhone 6S, incluindo as linhas das antenas, o Oppo R9 é vendido nas cores rosa e dourado. Ele possui as mesmas bordas arredondadas e é fabricado em metal, enquanto o smartphone da Apple é de alumínio. O R9 traz os mesmos botões do rival: um Home em formato oval, um Ligar/Desligar do lado direito, e o controle de volume no lado esquerdo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário